Entidades discutem modernização das relações trabalhistas no campo
CI
Agronegócio

Entidades discutem modernização das relações trabalhistas no campo

As entidades defendem mudanças necessárias na legislação para, por exemplo, garantir a segurança jurídica no campo
Por:

As entidades defendem mudanças necessárias na legislação para, por exemplo, garantir a segurança jurídica no campo

A contribuição das entidades do setor para modernizar as relações trabalhistas no campo foi o tema da primeira reunião do ano do Conselho do Agro, órgão que reúne representantes do segmento, nesta quinta (19), na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O presidente da CNA, João Martins, afirmou que as entidades reunidas no conselho têm cada vez mais a consciência de que o caminho é atuar conjuntamente para conseguir resultados que atendam a todo o universo do setor.

“Todas as entidades têm consciência que não será tirado nenhum direito adquirido do trabalhador. Queremos modernizar as relações de trabalho. Essas mudanças, propostas pelo presidente Michel Temer e que estão no Congresso, vão trazer vantagens para o produtor, para o empresário e para o trabalhador”, afirmou Martins.

Na reunião, o coordenador da Comissão Nacional de Relações do Trabalho da CNA, Cristiano Zaranza, apresentou um panorama das matérias que estão colocadas em discussão pelo governo no Congresso e das propostas defendidas pelas lideranças do setor.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.