Entomologistas ressaltam importância de entender as pragas para um manejo de resistência mais eficaz no Brasil

Agronegócio

Entomologistas ressaltam importância de entender as pragas para um manejo de resistência mais eficaz no Brasil

Encontro do Falcon Team discute práticas e novas soluções para o controle de pragas e tecnologias de aplicação de produtos
Por:
794 acessos

Encontro do Falcon Team discute práticas e novas soluções para o controle de pragas e tecnologias de aplicação de produtos

A importância de entender as pragas para levar mais conhecimento para os produtores em busca de um manejo de resistência mais eficaz foi ressaltada pelos principais entomologistas do Brasil durante o encontro do Falcon Team, que aconteceu em Campinas, interior de São Paulo. O foco da reunião do grupo organizado pela UPL Brasil foi trazer novos cenários e práticas para que os pesquisadores possam estudar as melhores formas para um futuro mais produtivo no campo.

“O conhecimento de onde estão, quando acontecem e qual técnica usar para controlar as pragas é essencial. Como vamos agir se não sabemos exatamente com o que estamos lidando? É preciso parar e pensar tudo o que vem sendo feito, pois temos casos que já se arrastam por muito tempo. A mosca-branca, por exemplo, está presente no campo há 20 anos. Talvez o problema não acabe, mas estas discussões podem trazer soluções para o manejo e minimizar os impactos causados”, explica Cecília Czepak, entomologista da Universidade Federal de Goiás.

O encontro levantou dados e discutiu práticas e novas soluções para o manejo de resistência de percevejos e tecnologias de aplicação de produtos. Para Geraldo Papa, entomologista da Universidade de Estadual Paulista (Unesp) de Ilha Solteira, existem vários fatores que podem atrapalhar a eficácia dos inseticidas.

“A maior parte dos insucessos dos inseticidas e soluções em geral é causada pela falta de técnica em se levar o produto até a planta e pragas. Por isso é tão importante aprimorar o conhecimento dos nossos agricultores. O Falcon Team é uma grata surpresa, pois nos dá essa oportunidade de debater e chegar ao melhor uso das soluções já existentes. Temos a liberdade para discutir e nos aperfeiçoar”, afirma o pesquisador.

Os entomologistas integrantes do grupo trabalham com as mais diversas culturas (soja, milho, algodão, HF, entre outros) e convivem com climas, solos e outros fatores diferentes um do outro. O intuito é que a experiência de um, pode ser a salvação da lavoura do outro.

“Acreditamos que as mudanças no campo devem ser cada vez mais contínuas, por isso temos essa responsabilidade de nos unir para entender e preparar os produtores. O manejo na agricultura é muito importante e deve ser feito de maneira inteligente. Queremos auxiliar nisso, em busca de uma maior sustentabilidade e produtividade”, diz Jurema Rattes, entomologista da Universidade de Rio Verde.

“O objetivo final de todos nós é encontrar o manejo ideal de pragas nas lavouras. Precisamos unir conhecimento e focar em uma solução que seja útil para todos. Isso aumenta a chance de acertamos”, completa Alexandre Mazini, Gerente de Produtos Inseticidas da UPL Brasil.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink