Entressafra de feijão em Mato Grosso favorece a mosca-branca

Agronegócio

Entressafra de feijão em Mato Grosso favorece a mosca-branca

Com o período do Vazio Sanitário, os insetos debandaram para o novo cultivo
Por: -Talita Ormond
5 acessos

Com o período do Vazio Sanitário, ao invés da soja, alguns produtores optaram pelo plantio de feijão, que é uma planta hospedeira da mosca-branca. Nesse sentido, com o plantio seqüente da oleaginosa os insetos debandaram para o novo cultivo, uma vez que se apresentaram significativamente na entressafra. Em Primavera do Leste, a pesquisadora revelou que houve perda de até 40% na produtividade em algumas lavouras.

A pesquisadora em Entomologia da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso (Fundação MT), Lúcia Vivan, aponta a importância dos produtores se preocuparem com o controle da praga nas áreas vizinhas, onde as culturas de feijão, algodão e tomate se apresentam como principais hospedeiros.

Por isso, com a facilidade de disseminação, novos insetos oriundos de áreas vizinhas podem invadir as lavouras, exigindo mais aplicações dos agroquímicos, aumentando o custo do controle da praga. Ano passado, a pesquisadora revelou que houve um problema significativo em Canarana com uma plantação de entressafra de melancia. Uma lavoura de soja em área vizinha acabou sendo prejudicada com a presença numerosa do inseto.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink