Epagri testa plantio de oliveiras em SC

Agronegócio

Epagri testa plantio de oliveiras em SC

O engenheiro agrônomo Adilson Pereira, que cuida do projeto em São Joaquim, está otimista com a iniciativa
Por:
1 acessos

A planta que tem um significado sagrado pelos cristãos e também é destacada pelos produtos derivados do seu fruto - a azeitona - está criando raízes numa área de testes da Epagri de São Joaquim.

A previsão é que dentro de um ano e meio seja feita a primeira colheita das 50 mudas de oliveiras que foram adquiridas de produtores de Maria da Fé, em Minas Gerais, e de Farroupilha, no Rio Grande do Sul. Além do projeto desenvolvido na Serra, o comportamento de outras 30 mudas é avaliado por técnicos da Epagri de Campos Novos.

O engenheiro agrônomo Adilson Pereira, que cuida do projeto em São Joaquim, está otimista com a iniciativa. Originárias de países do Mediterrâneo, como Espanha e Portugal, a oliveira precisa de um clima frio e seco para se desenvolver. Conforme Pereira, a cidade catarinense possui um cenário semelhante, porém mais úmido. Por essa razão, foram usadas variedades testadas em outras regiões do Brasil, mais adaptadas ao clima tropical.

Ainda é cedo para destinar as plantas para o uso comercial. Somente a partir do terceiro ou quarto ano as plantações vão começar a produzir a azeitona.

A experiência em São Joaquim tem um ano e meio de duração. Estão em análise cinco diferentes espécies de azeitona. A pesquisa identificará quais originam frutos para o consumo do fruto in natura e aquelas que produzem para a elaboração do azeite de oliva.

- Se der certo pretendemos estimular o cultivo para os agricultores da região. Novas variedades deverão ser testadas esse ano - destacou Pereira.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink