Agronegócio

Épico, da Guatambu Estância do Vinho, é o vinho oficial do III Seminário A Voz do Campo

O rótulo é um corte de quatro diferentes uvas e já foi premiado em um dos mais renomados concursos nacionais.
Por:
359 acessos

O vinho Épico, da Guatambu Estância do Vinho, foi o escolhido pela comissão organizadora do III Seminário A Voz do Campo como o rótulo oficial do evento. Expoente da mais alta gama da vinícola, o Épico é elaborado com pequenas reservas de vinhos de quatro diferentes safras: 2011, 2012, 2013 e 2014. Combina as melhores parcelas dos vinhedos de Cabernet Sauvingon, Merlot, Tannat e Tempranillo. Classificado como um vinho tinto seco, passa por uma processo de maturação em carvalho francês e americano, combinando assim com os mais variados pratos. 

Segundo o jornalista e especialista em vinhos, Irineu Guarnieri Filho: "O melhor Tinto de Corte da Grande Provas Vinhos do Brasil 2015 é o resultado da combinação das melhores parcelas das castas Tannat, Cabernet Sauvignon, Merlot e Tempranillo das safras 2011, 2012, 2013 e 2014, da Guatambu Estância do Vinho, de Dom Pedrito, na Campanha Gaúcha. Assemblage ao estilo Velho Mundo, mas com estrutura comparável ao dos grandes rótulos chilenos e argentinos, este Épico tem nariz complexo, com notas de frutos negros maduros, e muito equilíbrio entre taninos (potentes, mas bem domados), álcool (14%) e acidez – o tripé básico de sustentação de qualquer vinho. Com forte extração, e passagem de 24 meses por barricas de carvalho francês e americano, apresenta notável volume de boca e duradoura persistência. Um vinho que já nasce ícone".

A Guatambu Estância do Vinho fica localizada em Dom Pedrito, fronteira com o Uruguai. Contando com administração familiar e visando diversificar seus produtos, a cinqüentenária Estância Guatambu, tradicional empresa do agronegócio, sendo referência na agricultura e pecuária das raças Hereford e Braford, iniciou em 2003 o projeto de produção de uvas viníferas de Dom Pedrito, com a implantação do vinhedo com mudas importadas da França e da Itália, visando aproveitar o excelente clima da Campanha Gaúcha, bastante adequado para esta atividade. A produção da uvas em pequena escala é supervisionada por Gabriela Hermann Pötter, Eng. Agrônoma, Msc. em Ciência e Tecnologia de Alimentos, membro da terceira geração da família proprietária da Estância Guatambu. Para o sócio diretor da Guatambu, Valter José Pötter, é um grande prazer o rótulo da Estância ser escolhido. "Ficamos muito felizes e honrados em termos o nosso vinho neste grande evento", comemora Valter.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink