Errata: Agência Senado corrige informação sobre projeto do preço do leite
CI
Agronegócio

Errata: Agência Senado corrige informação sobre projeto do preço do leite

Senado (CRA), não proíbe as empresas de laticínio de pagar preços diferenciados aos seus fornecedores de leite. O projeto apenas obriga essas empresas a informar ao produtor rural o preço pago pelo litro do leite até o dia 25 do mês anterior à entreg
Por:
Diferentemente do que publicou a Agência Senado em sua página na última quinta-feira (15), na matéria "Aprovado projeto que obriga laticínios a informar com antecedência preço a ser pago pelo leite", o projeto de lei da Câmara 80/11, aprovado pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado (CRA), não proíbe as empresas de laticínio de pagar preços diferenciados aos seus fornecedores de leite. O projeto apenas obriga essas empresas a informar ao produtor rural o preço pago pelo litro do leite até o dia 25 do mês anterior à entrega. A matéria já foi corrigida.

A proposta original do projeto de lei, apresentado pelo deputado Reginaldo Lopes (PT-MG), previa a proibição de preços diferenciados, mas a ideia já havia sido rejeitada na Câmara dos Deputados antes de ser examinada pelos senadores.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.