ESALQ realiza Palestra e Prática: Cultivo do Mogno Africano
CI
Agronegócio

ESALQ realiza Palestra e Prática: Cultivo do Mogno Africano

Por:
Com o objetivo de fornecer ao produtor informações sobre o cultivo do Mogno Africano como alternativa de diversificação na atividade de silvicultura, a Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ) convida estudantes de ciências agrárias, profissionais do setor e produtores rurais para a palestra e prática Cultivo do Mogno Africano.


Atualmente, o Mogno Africano consiste em uma das principais madeiras alternativas para o cultivo no Brasil, graças ao alto valor econômico de sua madeira e rentabilidade, que ocorre após um período de 15 a 20 anos de crescimento, sendo cortado ao final de seu ciclo. A procura comercial da planta vem aumentando devido às características tecnológicas e a beleza de sua madeira, a qual é utilizada na indústria moveleira, construção naval e em sofisticadas construções de interiores. O cultivo do mogno está se mostrando como uma alternativa interessante para produtores rurais que se interessam em diversificar suas atividades na silvicultura.


O evento acontece no dia 30 de junho, das 7h30 às 12h, no Departamento de Ciências Florestais (LCF) da ESALQ.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 18h, na Casa do Produtor Rural da ESALQ, pelo telefone (19) 3429-4178 ou cprural@usp.br.

A realização é da Casa do Produtor Rural da ESALQ, com o apoio da Comissão (CCEx) e Serviço (SVCEx) de Cultura e Extensão Universitária, Departamento de Ciências Florestas (LCF), Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (FEALQ), Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SEMA), Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) e Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo GEAGESP/CEASA de Piracicaba.


Programação
7h30 Confirmação de inscrição e entrega de material

8h00 Palestra: “O Cultivo do Mogno Africano e seus Desafios: da Produção de Muda à Colheita”, ministrada pela professora Luciana Duque Silva, do Departamento de Ciências Florestais (LCF).

9h30 Palestra: “Mercado da Madeira de Mogno Africano e a Viabilidade Econômica do Cultivo”, ministrada pela professora Luciana Duque Silva, do LCF.

10h30 Atividade Prática: “Utilização do Mogno Africano em Produtos de Maior Valor Agregado”, com a professora Adriana Maria Nolasco, do LCF.

12h Encerramento

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink