Escritório de pesquisas da Embrapa deve ser instalado dentro de alguns meses no RS

Agronegócio

Escritório de pesquisas da Embrapa deve ser instalado dentro de alguns meses no RS

Por:
174 acessos

Falta pouco para a instalação do escritório de pesquisa da Embrapa que atenderá os produtores rurais da Fronteira Oeste e Missões do Rio Grande do Sul. Nesta quarta-feira (5), o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS), idealizador do projeto, reuniu-se com diretor-presidente da instituição, Pedro Arraes, para tratar do assunto.

Após avaliarem que o melhor será a implantação de uma unidade de referência de tecnologia (URT) ao invés do Programa de Parcerias de Inovação Tecnológica (Parcintec), Heinze e Arraes decidiram que o próximo passo será a realização de reunião em São Borja para estabelecer o convênio. O deputado explica que a URT não necessita de recursos privados, por isso é mais rápida para ser implantada. “Queremos transformar o conhecimento da Embrapa em alternativas viáveis que possam restabelecer a renda dos agricultores que vivem nos municípios gaúchos afetados pelas constantes estiagens”, evidencia o deputado.

Segundo Heinze, a maior preocupação no momento é desenvolver um levantamento na cultura de soja devido a proximidade da época de plantio, mas adianta que o estudo vai envolver todas as culturas. “Vamos montar um plano de pesquisa para grãos, irrigação, pastagens e cana-de-açúcar com a finalidade de iniciar um grande projeto de reconversão da matriz econômica das regiões”, afirma.

O plano de ação que será apresentado ao Ministério da Agricultura vai abranger os municípios de São Borja, Itaqui, Maçambará, Unistalda, Itacurubi, Santiago, Manoel Vianna, São Francisco de Assis, Alegre, Capão do Cipó, Bossoroca, São Luiz Gonzaga, Santo Antônio das Missões e Garruchos. A data para assinatura do termo de cooperação entre a Embrapa, Fepagro, Emater e demais parceiros deve ser marcada nos próximos dias.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink