Espanha proíbe milho transgênico da Syngenta
CI
Agronegócio

Espanha proíbe milho transgênico da Syngenta

Por:

A Espanha, o único país da União Européia em que produtos geneticamente modificados são cultivados comercialmente, proibiu o plantio de uma variedade de milho da Syngenta AG a partir de janeiro. O argumento é que ela pode aumentar a resistência a antibióticos.

A variedade BT176 de milho para ração da Syngenta, maior fabricante mundial de defensivos agrícolas, "não terá mais seu plantio e cultivo autorizados", disse o órgão de segurança alimentar da Espanha.

A Syngenta, com sede na Basiléia, Suíça, vende milho na Espanha desde 1998. A Bt176 ocupa quase dois terços dos 32.000 hectares da terra agricultável espanhola reservada para produtos transgênicos.

Os alimentos e produtos agrícolas geneticamente modificados ainda geram desconfiança na Europa, onde estão proibidos para emprego comercial desde 1998. Uma pesquisa publicada no ano passado detectou que apenas 2% da população britânica consumiria alimentos geneticamente modificados. Os produtos transgênicos responderam por 3% dos US$ 6,6 bilhões contabilizados em vendas pela Syngenta em 2003.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink