Especialistas debatem a transformação digital no campo
CI
Imagem: Pixabay
TECNOLOGIA

Especialistas debatem a transformação digital no campo

A incorporação de tecnologias digitais nas atividades do campo tem crescido bastante nos últimos anos
Por:

A incorporação de tecnologias digitais nas atividades do campo tem crescido bastante nos últimos anos, mas em 2020 esse processo se intensificou com a pandemia do Coronavírus. Para avaliar os avanços registrados nas empresas brasileiras e definir planos diante do novo contexto mundial, a Câmara de Comércio Italiana de Minas Gerais, em parceria com o Consulado da Itália em Belo Horizonte, realiza o Digital Transformation Day (DTG), nesta terça-feira (6/10), às 17 horas. A videoconferência multissetorial terá quatro painéis simultâneos, dois deles ligados ao agronegócio.

O painel “Agropecuário e Florestal” contará com a participação do presidente da Emater-MG, Gustavo Laterza, que fará uma saudação aos presentes, e do coordenador de Tecnologia da Inovação da empresa, Péricles Alexandre Marques, que será um dos debatedores da videoconferência. Péricles vai ministrar a palestra “Campo Inteligente”. “O campo inteligente é uma visão de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural) modernizada. Através do uso de sistemas de indicação geográfica e ferramentas de gestão, podemos fazer um planejamento inteligente, que envolva não só a propriedade, mas também o seu entorno. Esse novo trabalho de extensão rural objetiva ajudar os produtores e residentes rurais a acessar as inovações tecnológicas, visando uma transformação digital no campo e mais acesso da população rural aos serviços básicos”, explica o coordenador da Emater-MG.

Na opinião de Péricles, a transformação digital é um instrumento que vai solucionar  muitos problemas do produtor. Ela pode melhorar a qualidade de vida no campo, propiciando acesso a mais serviços; ajudar na gestão da propriedade e reduzir  despesas. A agricultura de precisão pode ainda elevar bastante a produtividade no meio rural. “A Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas) tem como meta acabar com a fome no mundo até 2030. Mas isso só será possível com um forte aumento da produtividade, pois não há como expandir as áreas plantadas, diante da necessidade de preservação ambiental”, lembra. Entretanto o coordenador da Emater ressalta que, para ocorrer uma mudança digital no campo, há muitos gargalos a serem superados como a falta de internet na maior parte do meio rural do país, questão que precisa ser logo resolvida pelo Governo para a agricultura brasileira pode avançar ainda mais.

O painel “Agropecuário e Florestal” tem ainda as presenças de Reginaldo Minaré, (CNA), Aline Veloso (Faemg), Michel Liguoro e Thiago Mascarenha (Engineering do Brasil) e a moderação de Daniel Kaukal, do Grupo Rima. O outro painel ligado ao setor tem o tema “Leite e Café” e traz como palestrantes: Marcelo Candiotto (CCPR/MG), Marco Brito (Cocatrel), William Rocha (Engineering do Brasil), e Marcelo Cunha (Trevo Lácteos). O moderador será Rafael Vilela, da Segafredo Zanetti. Os outros dois painéis do DTG serão sobre “Metal e Mineração” e “Soluções Fiscais”.

Todos os debatedores do evento são especialistas na área e, após breve apresentação, vão tirar dúvidas do público sobre o fenômeno da transformação digital e sua revolução nas organizações. A ideia é que especialistas e público possam interagir e compartilhar experiências e soluções sobre os assuntos discutidos. Para Péricles, o momento propício para aprofundar o diálogo sobre o tema. “A pandemia fez a aceleração do uso de softwares e aplicativos em todas as áreas. Ferramentas de comunicação e troca de informações, que eram poucos exploradas, se tornaram indispensáveis. No campo, os produtores, que têm algum acesso à internet, agora estão usando as redes sociais para comercializar seus produtos através de delivery. Mas apesar de um enorme crescimento digital, percebemos que uma grande parcela dos produtores, por falta de conectividade, ficou de fora desse processo”, lamenta. As inscrições para o Digital Transformation Day são gratuitas e podem ser feitas no site do Sympla, no link https://bit.ly/3jhj3n4.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink