Estados Unidos definem norma especial para combustíveis

Agronegócio

Estados Unidos definem norma especial para combustíveis

A lei estabelece uma nova norma para combustíveis renováveis referente a 8 bilhões de galões até 2012
Por:
1 acessos

A Associação Nacional dos Produtores de Milho e a Associação Americana de Sojicultores (ASA na sigla em inglês) manifestaram seu apoio à "Lei de Segurança dos Combustíveis de 2005", que deu entrada ontem na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos.

A lei estabelece uma nova norma para combustíveis renováveis referente a 8 bilhões de galões até 2012, segundo a notícia divulgada por ambas as entidades.

A legislação aumentaria a independência dos EUA em matéria de energia, protegeria a qualidade do ar e da água, ofereceria maior flexibilidade para as refinarias e estimularia as economias rurais mediante o aumento da produção de combustíveis nacionais renováveis.

Atualmente, os EUA têm a capacidade de produzir mais de 3,7 bilhões de galões (um galão americano equivale a 3,78 litros) de etanol e biodiesel, e as instalações em construção proporcionarão um aumento da capacidade de 700 milhões de galões até o fim do ano.

A produção e a utilização de 8 bilhões de galões de álcool, biodiesel e outros combustíveis renováveis até 2012 permitirão substituir mais de dois bilhões de barris de petróleo bruto, e reduzir em US$ 64,1 bilhões a saída de dólares destinados a pagar em grande parte os produtores de petróleo no exterior entre 2005 e 2012. A nova norma sobre combustíveis renováveis permitirá reduzir a dependência dos EUA do petróleo importado de 68% para 62%, segundo informou a ASA.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink