Estados Unidos resistem à condenação da OMC

Agronegócio

Estados Unidos resistem à condenação da OMC

Os EUA têm 30 dias para dizer ao Brasil e à OMC como pretende modificar seus programas de subsídios aos cotonicultores
Por:
1 acessos
Os Estados Unidos têm 30 dias para dizer ao Brasil e à Organização Mundial do Comercio (OMC) como pretende modificar seus programas agrícolas condenados por conceder subsídios ilegais aos produtores de algodão. O prazo foi estabelecido ontem, quando o Orgão de Solução de Controvérsias da OMC aprovou oficialmente o relatório dos juízes que condenaram os EUA por violação de regras internacionais.


Washington não mudou sua posição ontem, e sustentou que prefere negociar subsídios na Rodada de Doha, que deve definir novas regras para reformar o comércio agrícola internacional. Mas o Brasil insiste que os americanos têm que adotar logo a decisão da OMC, porque o caso do algodão foi 100% baseado nas regras atuais do Acordo Agrícola. Ou seja, o pais já pagou pelas regras atuais, e não aceita fazer novas concessões para que outras regras sejam criadas e só assim respeitadas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink