Estiagem prejudica agricultura em Santa Catarina e Rio Grande do Sul
CI
Agronegócio

Estiagem prejudica agricultura em Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Seca deve comprometer 50% da produção de milho e feijão no RS
Por:
A falta de chuva castiga, mais uma vez, a região Sul do país e provoca prejuízo para os agricultores. No Rio Grande do Sul, segundo dados da Emater, a estiagem deve comprometer 50% da produção de milho e feijão, sendo que as regiões mais afetadas são o norte e o noroeste gaúchos. No município de Cruzeiro do Sul, os produtores já contabilizam as perdas. “O prejuízo está em torno de R$ 3 mil por hectare”, diz o agricultor Altair Jonher.


Em Constantina, no norte do Rio Grande do Sul, 1.500 famílias de pequenos agricultores foram afetados pela seca e o município fez o pedido de situação de emergência. Em uma propriedade, a plantação de milho serve agora apenas de alimento para os animais. “Vamos usar para fazer silagem e armazenar alimento para as vacas”, conta o agricultor Silvino Largo.


Já em Santa Catarina, as culturas mais afetadas pela estiagem são milho, soja, uva, citros, produção leiteira, fumo e cebola. Todos apresentam redução na produção entre 20 e 70%. Parte da produção de agricultores já está perdida e se não chover nos próximos dias, a situação pode pior ainda mais.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.