Estiagem reduz colheita de cana-de-açúcar do Nordeste

Agronegócio

Estiagem reduz colheita de cana-de-açúcar do Nordeste

Por:
4 acessos
O clima seco limitará o crescimento da safra de cana-de-açúcar da região Nordeste do país. Estimada inicialmente em 63 milhões de toneladas, 5% mais que no ciclo 2003/04, a colheita deverá repetir os mesmos números da safra passada, de 60 milhões de toneladas, ou registrar no máximo um ligeiro aumento, para 60,5 milhões de toneladas, segundo os sindicatos das Indústrias de Açúcar e Álcool dos Estados de Alagoas e Pernambuco.


A falta de chuvas está impedindo o desenvolvimento da cana. Levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostra que as chuvas no mês de janeiro ficaram abaixo do normal, e as perspectivas são de precipitações baixas para os meses de fevereiro e março. "As chuvas entre fevereiro e maio são provocadas sobretudo pelo aquecimento do oceano Atlântico, o que não está ocorrendo no momento", afirmou Francisco de Assis Diniz, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink