Estimativa final da safra 2010/2011 dos grãos de verão do RS é divulgada

Agronegócio

Estimativa final da safra 2010/2011 dos grãos de verão do RS é divulgada

O balanço total final é de 25,5 milhões toneladas
Por: -Joana
5636 acessos
Na manhã desta quarta-feira (20), o secretario do Desenvolvimento Rural do RS, Ivar Pavan, juntamente com o presidente da Emater/RS, Lino de David, e diretor técnico da Instituição, Gervásio Paulus, apresentou à imprensa a estimativa para a safra 2010/2011 dos principais grãos de verão no Estado. Conforme os levantamentos da Instituição, o balanço total final é de 25,5 milhões toneladas, cerca de 2,5 milhões a mais que a safra anterior.


Esta produção está distribuída em 8,6 milhões toneladas de arroz, 132 mil de feijão, 5,4 milhões de milho e 11,2 milhões de soja. A Emater ainda fez um cálculo baseado no preço médio de abril das culturas, que resulta em uma renda de R$13,8 bilhões injetada na economia gaúcha.

Segundo o secretário Ivar Pavan, a maior safra da história que havia sido anunciada no RS foi em 2010 com 23,09 milhões toneladas de grãos, o que significa aumento de 10,6% neste ano. “A previsão anunciada em fevereiro foi de 23,609 milhões de toneladas, 600 mil a mais que o ano passado. Superamos esta primeira estimativa pois 40% da safra de soja ainda estava em floração na época”, completa. Pavan ainda ressalta que houve um período de estiagem na região Sul que poderia se espalhar para outras regiões, mas “como a seca ficou restrita a poucos municípios, a produção se confirmou maior”.


O destaque é para o arroz, que teve um aumento de área, produção e produtividade, resultando em 1,8 milhões de toneladas a mais que o ano anterior. Todavia, estes números positivos diminuem o preço da saca, que cai em média para R$19,64. Já o milho teve uma redução de área e de produção. “Devido à previsão do efeito La Niña e do preço baixo do grão no ano passado, o produtor diminuiu a área de milho e aumentou a área de soja, que é mais resistente e estava com preço bom”, explica o secretário.

Quanto aos próximos anos, devido às novas tecnologias que os produtores vêm adotando, há condições para o aumento da produtividade. Entretanto, com exceção do arroz, que é irrigado, as demais culturas ainda dependerão das condições meteorológicas. Para tanto, Pavan diz que há programas que estão sendo desenhados para aumentar a irrigação em algumas culturas, mas que mesmo assim não haverá água suficiente para irrigar toda a lavoura gaúcha.



Valor gerado pela produção dos principais grãos no RS


Produção (t)

R$/sc*

Valor R$

Arroz

8.695.931

19,64

3.415.761.696,80

Feijão

132.513

71,00

156.807.050,00

Milho

5.491.582

24,46

2.238.734.928,67

Soja

11.220.238

42,75

7.994.419.575,00

TOTAL

25.540.264

 

13.805.723.250,47

Fonte: Emater/RS-Ascar

* preços médios referentes às culturas (média do mês de abril/2011)




Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink