Estoque de milho para 2011 preocupa economista
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,050 (0,65%)
| Dólar (compra) R$ 5,58 (-1,17%)


Agronegócio

Estoque de milho para 2011 preocupa economista

"Se tivermos uma La Niña, por exemplo, a produção cai”, alerta o economista Alexandre Mendonça de Barros
Por:
1814 acessos
Os estoques de milho para o segundo semestre de 2011 são preocupantes, segundo o economista Alexandre Mendonça de Barros. Nos últimos anos, observou-se uma redução na área plantada que não teve consequências sobre o volume colhido devido ao clima favorável. “Mas se tivermos uma La Nina, por exemplo, a produção cai”, alerta.

A interferência do governo no setor também se torna um fator de risco. Segundo o economista, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) faz estimativas que não correspondem a realidade brasileira. “Eles falam em exportar 12 milhões de toneladas de milho, mas nós não temos capacidade logística para isso”.

O Brasil é o terceiro maior exportador de milho do mundo, atrás apenas dos EUA e Argentina.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink