Estoques de etanol garantem oferta até o início da safra
CI
Imagem: Pixabay
2022/2023

Estoques de etanol garantem oferta até o início da safra

As vendas de etanol hidratado no mercado interno alcançaram 632,03 milhões de litros na primeira quinzena de março
Por:

Na penúltima quinzena da safra 2021/2022, a moagem de cana-de-açúcar atingiu 142,4 mil toneladas no Centro-Sul, ante 1,68 milhões de toneladas (-91,51%) processadas no mesmo período do ano passado. A primeira metade de março contou com dez unidades produtoras em operação, sendo uma usina de cana-de-açúcar, seis de empresas que produzem etanol a partir do milho e três unidades “flex”. Não foi registrada produção de açúcar no período. A produção de etanol, por sua vez, atingiu 168,3 milhões de litros, sendo 156,4 milhões fabricados a partir do milho.

A moagem acumulada desde o início da safra 2021/2022 até 15 de fevereiro atingiu a marca de 521,93 milhões de toneladas, registrando retração de 13,08% frente ao mesmo período do ciclo de colheita anterior. A produção acumulada de etanol atingiu 27,34 bilhões de litros (-8,88%), é composta pela fabricação de 10,90 bilhões de litros de etanol anidro (+12,61%) e 16,43 bilhões de litros de etanol hidratado (-19,13%). A parcela do produto fabricada a partir do milho totalizou 3,32 bilhões de litros, com avanço de 36,22% em relação à safra 2020/2021.

O diretor técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues, comenta que “poucas unidades devem iniciar a moagem do ciclo 2022/2023 no mês de março, quando comparado à safra 2021/2022. Todavia, apesar da produção se intensificar apenas em abril, os níveis atuais de estoque nas usinas são suficientes para abastecer o mercado em toda a entressafra restante”.

As vendas de etanol hidratado no mercado interno alcançaram 632,03 milhões de litros na primeira quinzena de março, com redução de 19,14% sobre o montante apurado neste mesmo período em 2021. Por outro lado, o etanol anidro destinado ao mercado doméstico, registrou variação positiva de 11,39% na quinzena, com 434,72 milhões de litros vendidos. Rodrigues explica que “o movimento de recuperação nas vendas de etanol hidratado permanece, pois apesar da retração registrada quando comparado com o ano anterior, o avanço no volume comercializado em relação a segunda quinzena de fevereiro foi de 17,33%”.

No acumulado desde abril de 2021, as empresas venderam um total de 26,05 milhões de litros (-12,10%), considerando tanto volumes destinados à exportação quanto consumo em mercado interno. O etanol anidro totalizou 10,35 milhões de litros (+7,27%), enquanto o hidratado registrou 15,69 milhões de litros (-21,45%).

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.