Estoques finais serão os mais baixos da história
CI
Imagem: Leonardo Gottems
MERCADO BRASIL

Estoques finais serão os mais baixos da história

Preço da soja cai pelo 3º dia no Brasil, mas viés é de valorização pelos fundamentos positivos
Por: -Leonardo Gottems

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a quarta-feira (29.07) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação caindo 0,91% nos portos, para R$ 116,03/saca (contra R$ 117,09/saca do dia anterior). Com isso o ganho acumulado nos portos neste mês ficou em 0,62%.

De acordo com a Consultoria ARC Mercosul, os preços de ambas as commodities, soja e milho, se mantêm firmes. “A soja, impulsionada por exportações ainda aquecidas, possuem prêmios em ascensão. A ARC vê que o Brasil irá exportar qualquer superávit de oferta de soja que não seja destinada a indústria doméstica. Os estoques finais da oleaginosa brasileira em 2020 deverão atingir os mais baixos patamares da história, estimados em 3,2 milhões de toneladas até o fim do ano comercial vigente”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

A T&F Consultoria Agroeconômica aponta que, com preços completamente descolados da exportação o mercado disponível recuou dois reais/saca no porto gaúcho de Rio Grande para R$ 119,00/saca, contra 121,00/saca do dia anterior. Mas ainda pago por duas indústrias, não pelas Tradings, que não puderam acompanhar os preços. 

“Soja futura no porto recuou novamente mais cinqüenta centavos/saca para R$ 106,50, contra 107,00/saca do dia anterior, para maio de 2021. No interior também as indústrias também recuaram o preço em 1,5/saca para R$ 116,00 contra 117,50 do dia anterior em Cruz Alta e Passo Fundo e R$ 1,50/saca para R$ 115,50, contra 117,00 tanto em Ijuí. No Paraná preço da soja recuou 2 reais para o agricultor e de 3 a 4 reais nos mercados de lotes”, diz a equipe da T&F.

CHINA

Ainda de acordo com os analistas da T&F Consultoria Agroeconômica, mesmo com prêmios 8 cents mais firmes o Brasil vendeu pelo menos três cargos de soja para a safra nova, que começa em fevereiro, nesta terça-feira, enquanto que os Estados Unidos venderam dois cargos, também para a safra nova deles, que começa em setembro. Os prêmios FOB portos de Origem no Brasil subiram 5 cents/bushel para safra velha e 8 cents mais firmes para safra nova (grande procura). No mercado de Paper de Paranaguá houve negócios reportados para Fevereiro a + 84H e para Março a +64H.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink