Estresse hídrico, o vilão das produtividades no campo

IRRIGAÇÃO

Estresse hídrico, o vilão das produtividades no campo

O aumento de produtividade na irrigação inteligente chega a 100% e a otimização de água pode alcançar 70%
Por:
130 acessos

Toda safra, agricultores buscam forma de se proteger e garantir rentabilidade, seja pelas oscilações nos preços dos insumos, na estratégia de comercialização, entre outros aspectos que são definidos da porteira para dentro. Mas, existe uma outra parcela de fatores que são entendidos como externos, ou seja, que não podem ser controlados, como, por exemplo, o clima.

Nos últimos anos o clima está entre as principais preocupações do setor produtivo. Ciclos de El Niño e La Niña tem alterado a regularidade dos períodos de chuva, modificado os padrões climáticos e dificultado o planejamento das safras.

Além disso, em pouco mais de duas décadas, o mundo terá nove bilhões de pessoas, um acréscimo de dois bilhões à população, segundo dados da ONU (Organização das Nações Unidas). E, se um terço deste total engrossar as fileiras de consumidores da classe média, a pressão sobre os recursos naturais do planeta se tornará ainda maior.

Só o consumo de água aumentará 30%. Haverá necessidade de produzir 50% a mais de alimentos, e a oferta de energia terá de crescer 45%. Se nada for feito para mudar o padrão de consumo, dois terços da população global poderão sofrer com Escassez de água doce até 2025, conforme previsão da própria ONU.

Para a agricultura, especialmente, é bem verdade que não temos poder de controlar a chuva, calor, frio ou seca, e garantir a segurança alimentar. Mas, hoje em dia tecnologias já permitem aos produtores tenham maior gestão sobre sua produtividade. A irrigação inteligente é uma delas. Levando água e nutrientes diretamente na raiz das plantas, a tecnologia gota a gota, reduz as perdas causadas por diferentes condições climáticas e auxilia no desenvolvimento pleno de cada um dos cultivos.

Quando aplicada na área de absorção, o aumento de produtividade na irrigação inteligente, chega a 100% e a otimização de água pode alcançar 70%. Além disso, o agricultor se beneficia também da redução no uso de energia em até 60% quando comparado aos demais sistemas de irrigação.

Tecnologias como a irrigação inteligente, vieram para auxiliar em safras mais produtivas. O desafio de produzir mais com menos, não é só do agricultor, mas também de empresas responsáveis como a Netafim/Amanco, que querem ajudar o produtor a elevar seus resultados de forma sustentável e consciente.

Por isso, a Companhia lançou recentemente o primeiro sistema de irrigação com cérebro. O NetBeat possibilita monitorar, analisar e automatizar todo o sistema de irrigação, em tempo real, por meio de smartphone, computador ou tablet.

O grande diferencial da solução de irrigação 4.0, é oferecer recomendações técnicas ao produtor a partir da análise de dados em tempo real, combinado com modelos de cultivo para auxiliam em tomadas de decisões mais assertivas e, consequentemente, em safras mais produtivas. “O NetBeat é uma espécie de combo digital do agricultor, que graças ao advento do monitoramento inteligente, garante seu cultivo sempre com ele, na palma da mão”, destaca o Gerente de Digital Farming, Bruno Toniello.

O monitoramento inteligente também ajuda na redução de custos, ao evitar falhas de produção, desperdícios de insumos, gastos excessivos com água e energia elétrica, tornando a atividade mais rentável em todos os aspectos. “É primeiro a combinar modelos de cultivo para oferecer soluções customizadas e adaptáveis a necessidades”, acrescenta Toniello.

Os sensores espalhados pelo campo, captam dados em tempo real das condições do solo, desempenho e saúde das plantas. Por isso, o sistema abrange várias áreas, como sensoriamento de solo, controle de irrigação, gestão da nutrirrigação, gerenciamento de cultivos, que são facilmente acessadas por qualquer dispositivo móvel ou desktop, facilitando o dia a dia do produtor rural, contribuindo com a preservação dos recursos naturais, e ajudando os agricultores na missão de alimentar o mundo de forma sustentável.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink