Estudo sobre cenoura busca entender salinidade

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
PESQUISA

Estudo sobre cenoura busca entender salinidade

O nível de tolerância à salinidade é altamente dependente do estágio de desenvolvimento da planta
Por: -Leonardo Gottems

Um estudo do Serviço de Pesquisa Agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e da Universidade de Wisconsin avaliou a resposta de diversos germoplasma de cenoura ao estresse salino. A partir disso, a pesquisa identificou um germoplasma de cenoura tolerante ao sal que pode ser usado por criadores e definiu critérios de seleção apropriados para avaliar a tolerância ao sal na germinação. 

O estresse salino é considerado um dos mais importantes fatores abióticos que limita a produtividade das plantas cultivadas, e o custo global estimado devido à salinidade é de mais de US $ 12 bilhões por ano. Isso se deve ao uso extensivo da irrigação e às altas taxas de evapotranspiração, que resultam no aumento do acúmulo de sal no solo. 

Os pesquisadores Adam Bolton e Philipp Simona afirmam que o crescimento de glicófitas é bastante reduzido em solos salinos porque eles não possuem mecanismos fisiológicos como as glândulas salgadas e bexigas que permitem que as halófitas, ou plantas que gostam do sal, prosperem em alta salinidade. Segundo eles, esse tipo de avaliação extensiva é necessário para desenvolver variedades que são consideradas totalmente tolerantes ao sal em cada estágio de desenvolvimento para as cenouras. 

Dados coletados de muitas espécies de culturas sugerem que o nível de tolerância à salinidade é altamente dependente do estágio de desenvolvimento da planta. Essa tolerância específica do estágio de vida significa que um genótipo que tem tolerância em um estágio de vida pode não ser tolerante em qualquer outro estágio. Portanto, para identificar mais eficientemente os genótipos tolerantes, suas avaliações necessitavam continuar ao longo dos diferentes estágios de ontogenia da planta, desde a germinação até a fase reprodutiva. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink