Etanol dos EUA acelera venda de milho e algodão

Agronegócio

Etanol dos EUA acelera venda de milho e algodão

A antecipação das exportações de milho é seis vezes maior que em 2005
Por: -Neila Baldi
1 acessos

Antecipação das exportações do grão brasileiro é seis vezes maior que em 2005. A aceleração da produção de etanol nos EUA está beneficiando os produtores brasileiros de milho e algodão. Com cerca de 25% de sua safra do grão destinada à produção do combustível, os norte-americanos terão de reduzir a área de plantio de algodão para o cultivo do milho. Com isso, os preços dos dois produtos estão em alta no mercado internacional, o que está alavancando a antecipação das exportações brasileiras.

Há um ano as vendas antecipadas de milho para o mercado externo ficaram em 300 mil toneladas. Atualmente são 1,8 milhão de toneladas. Com o algodão já há antecipação das exportações das colheitas a serem feitas até 2010. Para a safra do ano que vem foram negociadas 330 mil toneladas. O boom do mercado externo se reflete internamente. Nesta safra o milho será a cultura com maior rentabilidade: 33,5%, acima da soja (32%) e do algodão (18%).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink