Etanol já oferece retorno menor nos Estados Unidos
CI
Agronegócio

Etanol já oferece retorno menor nos Estados Unidos

A intenção dos EUA de ampliar o uso do combustível pode esbarrar em limitadores
Por:
A intenção do presidente George W. Bush de ampliar o uso de combustíveis renováveis nos Estados Unidos - externada no discurso sobre o Estado da União, na terça-feira (23-01) - pode esbarrar em limitadores como a alta do milho no mercado internacional, a queda dos preços do etanol (puxado pelo petróleo) e a disputa por matéria-prima com a indústria de alimentos, principalmente de carnes. E pode, também, ampliar as exportações brasileiras de etanol.


No discurso, que fez as cotações do milho recuarem nessa quarta-feira (24-01) em Chicago, Bush propôs uma nova - e difícil - meta para o uso de combustíveis renováveis de 35 bilhões de galões em 2017. A legislação atual prevê 7,5 bilhões até 2012.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink