EUA: exportação de milho modestamente menores
CI
Imagem: Marcel Oliveira
VALORES

EUA: exportação de milho modestamente menores

As vendas de trigo aumentaram 23% semana a semana
Por: -Leonardo Gottems

As vendas de milho para compradores estrangeiros foram ligeiramente menores semana a semana, enquanto as vendas de feijão e trigo aumentaram, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em informações divulgadas pelo agriculture.com. As vendas de exportação de milho foram registradas em 866.800 toneladas, queda de 1% em relação à semana anterior e 5% em relação à média de cinco anos anteriores, informou a agência em um relatório.

A China foi o grande comprador da semana com 729,2 mil toneladas, seguida pelo México com 144,9 mil toneladas e Coréia do Sul com 125,1 mil toneladas. A Espanha comprou 55.000 toneladas e o Japão ficou com 53.100 toneladas. O total teria sido maior, mas um país sem nome cancelou cargas de 376.700 toneladas.

As vendas para entrega no ano comercial de 2022-2023, que começa em 1º de setembro, chegaram a 843.400 toneladas. As exportações da semana saltaram 31%, para 1,56 milhão de toneladas. As vendas de soja na semana passada foram relatadas em 481.300 toneladas, um aumento de 5% em relação à semana anterior, mas uma queda de 37% em relação à média, disse o USDA.

A China levou 165.100 toneladas, o México comprou 88.100 toneladas, Bangladesh ficou com 56.100 toneladas, o Japão com 48.100 toneladas e Taiwan comprou 33.900 toneladas, disse a agência. Nenhum cancelamento foi relatado. As vendas para o próximo ano de marketing chegaram a 580.000 toneladas. Os embarques na semana passada totalizaram 710.900 toneladas, uma queda de 20% em relação à semana anterior.

As vendas de trigo aumentaram 23% semana a semana, para 32.300 toneladas, com o ano de comercialização do grão, que termina em 31 de maio, começando a se encerrar. O total, no entanto, caiu 65% em relação à mesma semana do ano passado. O México comprou 42.400 toneladas, Taiwan comprou 33.000 toneladas, a República Dominicana comprou 23.400 toneladas, a Costa Rica comprou 14.700 toneladas e o Chile comprou 7.000 toneladas, disse a agência.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.