EUA ameaçam entrar na OMC contra os europeus
CI
Agronegócio

EUA ameaçam entrar na OMC contra os europeus

Por:

As pressões do Congresso estão se intensificando para que os EUA protocolem a contestação contra a proibição pela Europa na Organização Mundial de Comércio (OMC) de alimentos geneticamente modificados, disse o subsecretário de Comércio Grant Aldonas.

A União Européia (UE) fechou seus mercados para novos alimentos geneticamente modificados produzidos por companhias como Monsanto e DuPont desde 1998. Os EUA adiaram a apresentação da sua queixa contra a proibição para não intensificar as tensões durante a guerra contra o Iraque.

"As pressões do Congresso vão continuar", disse Aldonas. "Estamos sendo afetados, e tentamos transferir essa responsabilidade para terceiros", mas recusou-se a dizer se e quando os EUA entrariam com reclamação na OMC.

A França é o principal país a apoiar a proibição dos alimentos transgênicos na Europa. Os críticos dizem que os franceses tentam proteger os seus agricultores, que se beneficiam com um quarto dos subsídios agrícolas da UE no valor de € 40 bilhões (US$ 44 bilhões) anuais.

Os dois maiores membros da comissão de finanças do Senado, Charles Grassley, republicano de Iowa, e Max Baucus, democrata de Montana, acusaram o governo George W. Bush de mostrar-se lento em relação à reclamação na OMC. A França liderou coalizão de cinco países para impedir novas lavouras biotecnológicas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.