Exames serão feitos no RS

Agronegócio

Exames serão feitos no RS

Exames serão feitos no RS
Por:
214 acessos

Diagnóstico da gripe A, que levava até 15 dias para chegar do Rio, agora vai sair em 72 horas

A transformação do Laboratório Central do Estado (Lacen) no quinto centro capacitado no país a realizar o exame da gripe A, confirmada ontem, diminuirá o tempo de espera pelos resultados de 10 a 15 dias para 72 horas.

A previsão é de que os exames passem a ser feitos a partir de sábado, com a aprovação do Ministério da Saúde e a entrega do material necessário. Serão analisadas 50 amostras por dia. Em Porto Alegre, 66% das amostras coletadas com suspeita de gripe A ainda não foram processadas pela Fiocruz, do Rio, que vinha realizando as análises das amostras.

A agilidade no diagnóstico ajudará no descarte de casos em observação, cujos exames apontarem negativo, além de mostrar um quadro mais real do número de infectados.

– O diagnóstico laboratorial serve para fazer medidas de prevenção e saber o vírus que está circulando no Estado – afirma Silvia Spalding, presidente da Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps).

André Luiz Machado da Silva, infectologista da equipe de vigilância de doenças transmissíveis da prefeitura de Porto Alegre, disse que o exame não muda a forma de tratamento.

– Não vamos esperar o resultado. A eficácia da medicação é maior nas primeiras 48 horas – observa.

Como o vírus muda conforme a região, os exames vão identificar qual variante contagia os gaúchos. Os dados serão enviados para a Fiocruz, e podem colaborar na elaboração de uma vacina mais precisa.

A unidade gaúcha identificará o vírus por meio de um equipamento que faz reação de polimerase em cadeia, método que diz com certeza se a amostra de secreções do nariz e da faringe é do vírus da gripe A.

O governo do Estado não divulgou o valor investido nos exames, nem o custo unitário. A autorização da Fiocruz só veio agora devido a trâmites como visitas da Fiocruz ao laboratório e a viagem de uma funcionária do Lacen ao Rio de Janeiro para fazer capacitação.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink