Expectativa de melhora da demanda no mercado de suínos

Suínos

Expectativa de melhora da demanda no mercado de suínos

Demanda na ponta final da cadeia foi fraca na última semana de novembro
Por:
49 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

A demanda na ponta final da cadeia foi fraca na última semana de novembro, nem mesmo o recebimento da primeira parcela do décimo terceiro salário deu fôlego as vendas. Com isso, os preços no atacado recuaram nos últimos sete dias. A carcaça está cotada, em média, em R$6,00/kg, queda de 3,2% no período.

Já nas granjas paulistas a estabilidade permaneceu. O animal terminado segue negociado, em média, em R$76,00/@. Oferta e demanda estão equilibradas. Apesar do cenário fraco no momento, o mês de novembro deve fechar com os maiores preços médios registrados este ano.

No mercado externo, as exportações vêm apresentando bom ritmo este mês. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o país embarcou, em média, diariamente, nas quatro primeiras semanas de novembro, 2,8 mil toneladas de carne in natura. Na comparação com igual período do ano passado, o volume aumentou 21,0%. Para o curto prazo, pensando na demanda interna, o início do novo mês e a expectativa de melhora nas vendas do varejo, devido as antecipações das festividades de final de ano, devem trazer reajustes positivos aos preços.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink