Expectativa é de nova safra com alto rendimento de trigo no Paraná

Agronegócio

Expectativa é de nova safra com alto rendimento de trigo no Paraná

Alta no preço e busca do mercado externo pelo grão impulsionam investimentos
Por: -Marianna
2666 acessos
Se depender da expectativa dos triticultores do Norte do Paraná a próxima safra de trigo será mais uma vez de lotar os armazéns. As notícias de alta no preço e busca do mercado externo pelo grão também são aliadas para quem planta trigo investir até em mais área em 2011. Em Rolândia, no norte do estado, os produtores que plantaram o cultivar Quartzo, da Biotrigo Genética e OR Sementes, conseguiram facilmente um rendimento de até 150 sacas por alqueire. Segundo o engenheiro agrônomo da Belagrícola, Luciano Márcio Moraes, o plantio de trigo chegou a 12 mil hectares no município, destes, 70% foram com essa cultivar. “A cultivar tem uma produtividade muito boa, sendo um trigo sadio e que perfilha muito bem. Quem investiu em cobertura conseguiu colher 150 sacos por alqueire. Por isso, os produtores precisam empregar insumos para ter uma colheita satisfatória”, destaca Moraes.

O engenheiro agrônomo explica que na região de Rolândia, por exemplo, o produtor rural precisa realizar uma aplicação de 100 quilos de uréia por hectare para conseguir 45 quilos de nitrogênio nesta mesma área, dessa maneira buscando qualidade no grão. “Isso é necessário para conseguir uma boa força de glúten (W) e o produtor deve fazer essa aplicação, ressalta o Moraes.

Ainda, de acordo com ele, a cultivar tem boa adaptabilidade, tolera manchas foliares, sendo ideal para produtividade. “Com o investimento em cobertura, sem cortar custos, o produtor vai ter mais produtividade e qualidade, dessa forma uma renda ainda melhor com o trigo”, pontuou o engenheiro agrônomo, lembrando que o mercado está exigindo cada vez mais qualidade.

Segundo Lorenzo Viecili, gerente comercial da Biotrigo, na região Norte do Paraná normalmente basta que se aplique nitrogênio na base e no perfilhamento para obter a produtividade e a qualidade desejadas. Em anos de clima favorável ainda é possível aumentar peso de mil grãos e o W com uma aplicação de 50 kg de uréia antes da floração.

Para satisfazer o agricultor

A partir da próxima safra de inverno a Belagrícola será multiplicadora das cultivares Biotrigo. “Ter essas variedades representa bastante para o nosso portfólio, já que elas estão na boca do produtor”, garantiu o gerente de produção de Sementes da Belagrícola, Leandro César de Oliveira. De acordo com ele, devido as solicitações dos triticultores se buscou completar o portfólio oferecido. “Hoje com a parceria temos mais produtos e somos mais competitivos. Isso agrega valor e aumenta a responsabilidade, pois ofereceremos pacote de oportunidades ainda melhor ao produtor, que é o nosso foco de trabalho”, garante Oliveira.

As informações são da assessoria de imprensa da Biotrigo Genética.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink