Expointer pronta para chegada dos animais
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

Expointer pronta para chegada dos animais

Os 7.791 animais, de 151 raças, inscritos para a 33ª Expointer começam a chegar hoje
Por:
796 acessos

Os 7.791 animais, de 151 raças, inscritos para a 33ª Expointer começam a chegar hoje ao Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Até 3 de setembro, todos deverão ter passado pelo Portão 8, que estará aberto das 6h às 24h. A entrada dos exemplares de argola acontecerá até sexta-feira, um dia antes da abertura da mostra. Já os rústicos ingressarão de acordo com a programação prévia. Apesar do rigor no controle de entrada de animais no parque, o domingo revelou uma situação que causará transtorno, obrigando a realização de nova desinfecção das mangueiras destinadas a rústicos que começam a chegar no fim desta semana. O local foi ocupado por cavalos ofertados num leilão ontem à noite e que não estavam inscritos para a feira, contrariando o regulamento. De acordo com o chefe da Divisão de Fiscalização e Defesa Sanitária Animal da Secretaria da Agricultura, Nilton Rossato, os exemplares não deveriam ter entrado após a sexta-feira. Ele adiantou que os cavalos que não tiverem saído hoje pela manhã ficarão confinados em piquetes para que não tenham contato com os demais.

O final de semana ensolarado garantiu que os 1,3 mil trabalhadores acelerassem a montagem de estandes e reformas. Nas áreas de estacionamento ainda são feitos reparos e terraplenagem. No alojamento para 200 peões falta só a instalação elétrica. No setor de máquinas e implementos agrícolas, já é possível ver alguns produtos, assim como no Pavilhão do Artesanato. Ontem à tarde, enquanto parte dos trabalhadores dedicava-se à montagem, outros trabalhavam na limpeza, tanto que a nova Central de Reciclagem, que deve começar a operar nesta segunda-feira, já começou a concentrar lixo. No desembarcadouro, apenas as lonas das estruturas metálicas ainda não estavam dispostas.

Segundo o chefe do Serviço de Exposições e Feiras da Secretaria da Agricultura, José Arthur Martins, os pavilhões estão desinfetados e inspecionados, prontos para receber os animais. Ele acredita que o movimento maior no desembarcadouro seja registrado na quinta e na sexta-feira, véspera da abertura do evento para o público.

Os exemplares serão inspecionados por equipes que farão revezamento a cada quatro horas, para realizar a recepção sanitária e o julgamento de admissão e classificação. Serão 123 profissionais, divididos em grupos de oito auxiliares técnicos, veterinários e zootecnistas, acompanhados por um universitário, somando 60 estagiários. Martins acredita que o processo será tranquilo, uma vez que os proprietários estão conscientes das exigências sanitárias para cada raça, o que evitará maiores problemas. Todos os animais deverão estar acompanhados da Guia Sanitária Animal (GTA), além dos exames específicos para cada espécie. "Além da análise dos documentos, serão feitos exames clínicos, com a observação das possíveis parasitoses externas."

Exigências sanitárias

- Bovinos e bubalinos: certificado de vacinação contra febre aftosa, brucelose e tuberculose

- Equinos: atestado negativo de anemia infecciosa n Ovinos: atestado negativo de sarna, piolheira e epididimite

- Caprinos: atestado negativo de sarna e piolheira

- Suínos: só será permitido ingresso de animais de Granjas Certificadas, com atestado negativo de rinite atrófica, pleuropneumonia, disenteria suína e piolheira.

Fonte: Seappa

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink