Exportação de bovinos cresce em agosto, mas resultado no ano cai

Agronegócio

Exportação de bovinos cresce em agosto, mas resultado no ano cai

Câmbio ajudou as exportações brasileiras de bovinos vivos
Por:
1002 acessos
O câmbio ajudou as exportações brasileiras de bovinos vivos em agosto.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), no último mês foram embarcadas 40,6 mil cabeças, aumento de 66,7% em relação a junho e o maior valor em quatro meses.

Porém, o resultado de janeiro a agosto de 2013, 303,4 mil animais comercializados, só é maior que o de 2011, considerando os últimos cinco anos, apesar de o preço médio por cabeça exportada ser o menor registrado no período, US$1,06 mil, em média.

A Venezuela comprou 68,2% do total exportado pelo Brasil este ano, seguida pelo Líbano, que voltou a aumentar sua participação neste mercado, com 22,7%. Em 2012 o país do Oriente Médio comprou 13,5% do total embarcado.

O Pará segue como o maior exportador do país. Em 2013 comercializou 99,5% de todo gado embarcado. O Rio Grande do Sul completa a lista, com apenas 1,3 mil cabeças.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink