Frango

Exportação de frango em abril: dúvidas nos dados da SECEX

Dados relativos às exportação de carne de frango divulgados pela SECEX/MDIC
Por:
33 acessos

Aguardados como nunca por todos os segmentos ligados direta ou indiretamente ao setor, os dados relativos às exportação de carne de frango ontem divulgados pela SECEX/MDIC deixaram apenas dúvidas. Aparentemente há pertinência no volume exportado, mesmo que este tenha ficado aquém do que havia sido projetado para a totalidade do mês a partir dos embarques efetivados até a terceira semana de abril. 

Então, estimou-se que o total de produto in natura exportado no mês poderia chegar às 268 mil toneladas. Porém, de acordo com a SECEX/MDIC, o volume efetivo ficou em 252.046 toneladas, resultado que significa redução de 28% e 14% sobre, respectivamente, o mês anterior (350.429 toneladas em março/18) e o mesmo mês do ano passado (293.355 toneladas em abril/17).

A interrogação é levantada em relação ao preço médio apontado para o mês: US$2.039,22 por tonelada, valor 33% e 23% superior aos registrados em março passado e em abril de 2017. Seria ótimo se fosse verdade, mas esse valor foge totalmente aos registrados desde meados de 2014 para cá (quase quatro anos), período em que o produto in natura foi negociado por cerca de US$1.620,91/t, em média.

Por sinal, o preço registrado em junho de 2014 foi muito similar ao que é agora apontado: US$2.028,71 por tonelada. Mas esse valor foi alcançado a partir de altas paulatinas iniciadas cinco meses antes. Ou seja: naquela ocasião, como em outras vezes anteriores, a valorização registrada foi obtida gradativamente, nunca se observando saltos repentinos como o atual.

O volume caiu, mas como efeito da alta valorização no preço médio, a receita cambial apontada pela SECEX/MDIC aumentou mais de 25% - tanto em relação ao mês anterior como ao mesmo mês de 2017, atingindo valor próximo dos US$514 milhões. Mas fica a dúvida: será que o resultado é correto

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink