Exportação de milho pelo Paranaguá supera 2006 em 35%

Agronegócio

Exportação de milho pelo Paranaguá supera 2006 em 35%

No acumulado do ano as exportações atingiram 1.851.931 toneladas
Por:
5 acessos

As exportações de milho continuam em alta no Porto de Paranaguá. Desde janeiro o produto vem alcançando índices positivos de embarque, superando mês a mês as tonelagens de 2006. No acumulado do ano as exportações atingiram 1.851.931 toneladas, volume 35% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado, quando foram exportadas 1.372.269 toneladas.

O aumento é similar ao verificado em todo o segmento de granéis sólidos, onde o milho é um dos carros-chefes da exportação, junto com outros produtos a granel como a soja, o farelo e o açúcar. No acumulado do ano foram embarcados 11,2 milhões de toneladas de mercadorias deste segmento, contra 8,1 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado, com um crescimento de 35%.

O comércio mundial de milho em 2007 e 2008 deverá girar ao redor de 83 milhões de toneladas. Analistas apontam que a produção brasileira vem sendo estimada em 50 milhões de toneladas. A expectativa da secretaria da Agricultura e Abastecimento é que a safra paranaense alcance cerca de oito milhões de toneladas.

Destino

Os principais destinos do milho exportado pelo Porto de Paranaguá são China e Irã. É para lá que cinco dos seis navios que estão ao largo, aguardando para atracar, seguirão após embarcar juntos cerca de 250 mil toneladas. O aumento nas exportações pode ser verificado diretamente no cais onde, diariamente, navios graneleiros embarcam uma média de 55 mil toneladas do grão.

No Pátio de Triagem, onde são feitas as verificações documental e física da carga, o milho vem sendo destaque neste mês. Entre 1º e 21 de junho, mais de cinco mil carretas transportaram o produto para exportação.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink