Exportação de suínos sobe; setor prevê 600 mil t no ano

Agronegócio

Exportação de suínos sobe; setor prevê 600 mil t no ano

O resultado levou a uma estimativa de que no ano as vendas externas atinjam 600 mil t
Por:
299 acessos

As exportações de carne suína do Brasil subiram 4,23% em junho ante o mesmo mês do ano passado e apresentaram uma alta de 8,79% nos seis primeiros meses do ano, informou nesta terça feira a Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs). O resultado levou a uma estimativa de que no ano as vendas externas atinjam 600 mil t.

Em junho as vendas externas totalizaram 53,92 mil t, sendo que nos seis primeiros meses do ano elas atingiram 294,47 mil t.

"Os bons números permitem uma revisão na estimativa de exportação para 2009 que pode chegar a 600 mil toneladas", disse Pedro de Camargo Neto, presidente da Abipecs, em comunicado.

As exportações de carne suína do Brasil atingiram 529,41 mil t no ano passado, abaixo das cerca de 606,51 mil t de 2007. Para 2009, os exportadores não tinham feito ainda nenhuma estimativa de vendas externas, apesar do bom início do ano.

"Infelizmente, porém, a queda dos preços no mercado internacional, de maneira geral, e em particular, na Rússia, principal destino, é desanimadora. O preço médio de junho é quase 33% inferior ao de junho do ano passado e a receita do semestre, quase 25% inferior à de 2008", completou.

Em junho, as exportações renderam US$ 103,22 milhões, contra US$ 147,49 milhões no mesmo mês do ano passado. No primeiro semestre, as vendas externas totalizaram US$ 583,07 milhões, ante US$ 707,86 milhões em igual período anterior.

Para a Rússia, principal destino da carne brasileira, o Brasil exportou em junho 23,83 mil t, que representaram um faturamento de US$ 48 milhões. Em relação a junho de 2008, houve um aumento de 11,76% em volume e uma redução de 35,3% em valor.

De janeiro a junho de 2009, o Brasil exportou para o mercado russo 137,58 mil t, ou US$ 283,81 milhões. No mesmo período de 2008, as exportações para aquele mercado foram de 115,82 mil t, ou US$ 364,69 milhões.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink