Exportação recorde enfrenta falta de navios e frete maior

Agronegócio

Exportação recorde enfrenta falta de navios e frete maior

Por:
1 acessos
Os sucessivos recordes do comércio exterior estão provocando um estrangulamento na logística das exportações. Há disputa acirrada por contêineres, o "overbooking" é freqüente nos navios e os preços dos fretes dispararam. Por conta do apetite americano e chinês, a demanda mundial por transporte marítimo cresce 8% ao ano. No Brasil, a alta chega a 15%, complicada pelo descasamento no fluxo de exportações e importações. Para cada três contêineres embarcados hoje para os Estados Unidos, apenas um retorna ao país.


As empresas temem a perda de clientes e negócios no exterior. A Kepler Weber ainda não embarcou nenhum dos 210 contêineres que já deveriam ter seguido para a Venezuela, parte de uma encomenda de US$ 18,2 milhões. Em maio, a Saccaro Móveis encontrou, depois de procurar muito, um contêiner disponível no porto de Itajaí, em Santa Catarina. A caixa, vazia, foi levada para o porto de Rio Grande, mas não foi exportada por causa de "overbooking" no navio.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink