Exportações brasileiras de algodão devem crescer 100%
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Marcel Oliveira

NA DÉCADA

Exportações brasileiras de algodão devem crescer 100%

Projeção de estudo é otimista para a década, com novos destinos para a fibra
Por: -Eliza Maliszewski
1380 acessos

As exportações brasileiras de algodão, em 2019, bateram recordes, o que gerou uma receita de US$ 2,6 bilhões. Estimativas apontam que 3,3 milhões de toneladas líquidas serão exportadas em 2028/2029, o que representa um crescimento de 100% em relação à safra de 2018/2019. A projeção otimista é do levantamento feito pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - Fiesp, o Outlook Fiesp 2029.

O estudo aponta as possibilidades para a pluma brasileira no cenário mundial. No ano passado o Brasil tornou-se o segundo maior exportador de pluma, tendo a China como principal destino. Vietnã, Indonésia, Bangladesh e Turquia também vêm se tornando importantes destinos.

O consumo doméstico também está em crescimento. As projeções são de um aumento de 20% no consumo interno na década. Área plantada, produção e a produtividade também deverão se manter em alta, com crescimento de 31%, 54% e 17%, respectivamente, com a permanência da região Centro Oeste como o principal polo produtor de algodão do país.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink