Exportações brasileiras de milho diminuíram na comparação mensal, mas continuam acima do registrado em 2016

Milho

Exportações brasileiras de milho diminuíram na comparação mensal, mas continuam acima do registrado em 2016

A média diária embarcada foi de 201,07 mil toneladas neste período
Por:
113 acessos

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em novembro, até a terceira semana, o Brasil exportou 2,21 milhões de toneladas de milho grão.

A média diária embarcada foi de 201,07 mil toneladas neste período.

O volume diminuiu 16,0%, frente a média exportada em outubro deste ano, mas aumentou 318,3% na comparação com o exportado em novembro do ano passado.

Com a colheita do milho 2017/2018 na reta final nos Estados Unidos e maior disponibilidade os preços do milho norte-americano caíram, aumentando a concorrência com o Brasil no mercado internacional.

Caso o ritmo dos embarques continue, a estimativa é de que o Brasil exportará um volume próximo de 4,02 milhões de toneladas no acumulado de novembro.

A boa movimentação para exportação nos últimos meses tem ajudado na sustentação dos preços do cereal no mercado brasileiro. Entretanto, a boa disponibilidade interna deverá limitar as altas de preços do milho em 2018.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink