Exportações de café registram alta de 34,4%
CI
Agronegócio

Exportações de café registram alta de 34,4%

O faturamento ultrapassou US$ 553,3 milhões com um volume de 4.108 milhões de sacas
Por:

As exportações de café verde no primeiro bimestre deste ano registraram um crescimento de 34,4% em receita e 18% em volume, comparativamente ao mesmo período do ano passado. O faturamento ultrapassou US$ 553,3 milhões, contra US$ 411,6 milhões em 2006, enquanto o volume subiu de 3.481 milhões para 4.108 milhões de sacas. A informação é da Secretaria de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

No mesmo período verificou-se uma elevação de 13,9% no preço médio de exportação por tonelada, passando de US$ 1.971 para US$ 2,245. Japão e Itália pagaram os melhores preços médios, já o Líbano liderou em crescimento percentual de receita (189,20%). Os principais compradores do produto brasileiro foram Alemanha, com 966 mil sacas (US$ 128,8 milhões) Estados Unidos, com 637 mil sacas (US$ 84,1 milhões) e Itália, com 413 mil sacas e US$ 57,9 milhões, e o Japão, com 255 mil sacas e receita de US$ 36.7 milhões.

Já as exportações de cafés verde, solúvel e torrado alcançaram 4,5 milhões de sacas, ou US$ 600 milhões, considerando-se um preço médio de US$ 135,13 por saca no período de janeiro a fevereiro.

Até agora, o Ministério da Agricultura já vendeu, no mercado interno, por meio de leilões 278 mil sacas (60 kg) de café dos estoques oficiais, o que representa 99,3% da oferta total. De acordo com o 1º levantamento, realizado em dezembro pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra deste ano deve ficar em 31,7 milhões de sacas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink