Exportações de carne bovina caem em outubro
CI
Imagem: Pixabay
DESEMPENHO

Exportações de carne bovina caem em outubro

No ano o acumulado é de crescimento de 9%
Por: -Eliza Maliszewski

A Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO) divulgou os números do desempenho das exportações de carne bovina em outubro. O volume, incluindo carne in natura e processada, teve queda de 4% e a receita caiu 8%, em relação ao mesmo mês do ano passado. No mês foram 189.575 toneladas e a receita de USD$ 790 milhões. No ano passado, no mesmo mês, a movimentação foi de 197.932 toneladas e a receita de US$ 858 milhões.

No acumulado do ano até outubro, no entanto, as exportações totais apresentam um crescimento de 9% no volume e de 16% na receita, com movimentação de 1 milhão 650 mil toneladas e entrada de divisas na ordem de US$ 6,8 bilhões. Em 2019, no mesmo período, a movimentação alcançava 1 milhão 520 toneladas e a receita US$ 5,8 bilhões.

A liderança segue sendo da China. No ano as importações chinesas somaram 948.168 toneladas com receita de US$ 4 bilhões, um crescimento de 106% nas importações chinesas. Em outubro de 2020 foram 109 mil toneladas.

Depois da China está o Egito com compras de 113.304 toneladas ou -27,4% em relação a 2019; o Chile vem em seguida com importações de 71.512 toneladas, queda de 25,6%; a Rússia está na quarta posição, com 51.201 toneladas e redução de 16% em relação a 2019; em quinto vem os EUA, com movimentação de 48.772 toneladas e um crescimento de 52,3 % em relação a 2019; 

A maioria dos países integrantes da União Europeia, outro tradicional cliente do produto brasileiro, também registrou queda nas importações. No total, no acumulado até outubro, 82 países aumentaram suas compras enquanto outros 82 reduziram suas aquisições.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink