Exportações de Minas Gerais começam o ano com crescimento de 32%

Agronegócio

Exportações de Minas Gerais começam o ano com crescimento de 32%

Aumento das vendas do Estado superam crescimento nacional
Por: -Marianna
1246 acessos
Aumento das vendas do Estado superam crescimento nacional

As exportações mineiras do agronegócio iniciaram o ano de 2011 em alta. O valor exportado em janeiro foi de US$ 624,2 milhões, um crescimento de 32,2% em relação ao mesmo período ano passado. O crescimento mineiro é maior que o registrado na média das exportações do agronegócio nacional. O aumento registrado no volume das exportações brasileiras foi de 26,3% em comparação com janeiro de 2010, totalizando US$ 5,1 bilhões. Os principais destinos dos produtos do agronegócio mineiro foram Alemanha, Estados Unidos e Itália. Os números das vendas internacionais foram analisados pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com base nas informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).


Dentre os principais produtos da pauta de exportação, o milho foi o que registrou alta mais significativa, com aumento de 287% no valor negociado, totalizando US$ 7,6 milhões. “Com a quebra da produção de trigo na Rússia, o milho foi a alternativa utilizada na produção de ração, o que provocou crescimento expressivo na demanda pelo grão no mercado internacional”, explica o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento.

O valor da venda do café somou US$ 419 milhões em janeiro, com aumento de 69% em relação ao mesmo período do ano passado. Um dos motivos para o crescimento foi a redução dos estoques mundiais, aliada à expectativa de queda na produção dos principais países produtores.


As exportações do complexo soja – farelo, óleo e grão – movimentaram US$ 6 milhões no mês de janeiro. O crescimento de 152% foi motivado, principalmente, pelo crescimento das exportações do óleo de soja. Enquanto no ano passado não foi registrada nenhuma comercialização de óleo, no início deste ano, as exportações deste segmento ultrapassaram US$ 2 milhões. A maioria do óleo de soja exportada neste ano por Minas Gerais foi para a Índia.

As vendas externas de carnes (bovina, suína e aves) registraram aumento de 10%, totalizando US$ 61 milhões. A Rússia é o principal destino das exportações de carnes. O destaque foi a comercialização de aves, com aumento de 88%. “Mais uma vez temos a soma de fatores favoráveis como demanda aquecida, aumento de preços, e os produtores mineiros aproveitando as oportunidades”, afirma Elmiro Nascimento, que também destacou que o Kuwait foi o maior comprador da carne de frango mineira. Já o segmento de madeira e derivados registrou crescimento de 60% no volume negociado, somando US$ 66 milhões, em janeiro deste ano, em função das exportações de celulose para o Japão.


Os produtos que apresentaram retração nos valores das vendas em janeiro foram: açúcar (-56%), álcool (-52%), leite e derivados (-69%) e carne suína (-78%).

As informações são da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink