Agronegócio

Exportações de suínos fecham ano com queda de 60%

O país deixou de exportar grandes volumes para importantes compradores
Por: -Redação
5 acessos

O ano de 2006 foi bastante negativo para o setor suinícola, resultado dos problemas sanitários brasileiros e das desavenças comerciais e políticas entre o Brasil e a Rússia. O país deixou de exportar grandes volumes para importantes compradores de carne, como a Rússia, Portugal, Itália, entre outros.

Segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), de janeiro a novembro, as exportações brasileiras de suínos diminuíram 60% em relação a 2005. Quanto aos preços domésticos, o comportamento foi distinto durante o ano. No primeiro semestre, a cotação da carcaça especial caiu 24%, passando de R$ 3,14 o quilo para R$ 2,40 o quilo em julho no atacado de São Paulo. No segundo semestre, houve leve recuperação, com carcaça registrando média de R$ 3,28 o quilo em dezembro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink