Extrativistas recebem orientações sobre política de subvenção ao setor

ORIENTAÇÕES

Extrativistas recebem orientações sobre política de subvenção ao setor

Entre os produtos destacados estão o açaí, a andiroba, a borracha, a castanha, o buriti, o cacau e o murumuru
Por:
168 acessos

Representantes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) percorrem diversos municípios do Amazonas durante este mês de novembro para orientar os extrativistas locais sobre o funcionamento da Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio).

O objetivo é explicar o funcionamento da política aos pequenos produtores que vivem da coleta de produtos do Bioma Amazônico. Por meio da PGPM-Bio, a Conab beneficia os extrativistas, garantindo a eles o pagamento de uma subvenção quando comprovam a venda de seu produto por preço inferior ao mínimo estabelecido pelo governo federal.

Em média serão visitados 50 beneficiários/extrativistas por município, de um total de 5 municípios. Isso totalizará 200 pessoas atendidas durante as viagens de gestão e orientação. Os municípios visitados são Coari, Codajás, Eirunepé, Manicoré e Tapauá. Entre os produtos destacados estão o açaí, a andiroba, a borracha, a castanha, o buriti, o cacau e o murumuru.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink