Faeg comemora o fortalecimento da base política agropecuária

Agronegócio

Faeg comemora o fortalecimento da base política agropecuária

Dos 41 deputados estaduais eleitos em GO, 14 são simpáticos às causas do setor agropecuário
Por: -Francila Calica
1659 acessos

Dos 41 deputados estaduais eleitos 14 são simpáticos às causas do setor agropecuário. Dez deputados federais que iniciam mandato no próximo ano também compartilham interesse pelos assuntos do segmento. Esse é o resultado da mobilização encabeçada pela Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), nas eleições 2010, para o fortalecimento da representação política do setor. Durante coletiva à imprensa na tarde desta quarta-feira (22), o presidente da Faeg, José Mário Schreiner também fez um balanço dos avanços políticos alcançados pelo setor agropecuário em 2010.

Ele relembrou aos jornalistas presentes todo o trabalho de mobilização da classe realizado para a construção do Documento Goiás: Expectativas do Setor Produtivo Rural ao Próximo Governador. Foram realizados oitos seminários regionais para elaborar documento que contém o pensamento do setor agropecuário e suas expectativas em relação aos principais desafios do próximo governo nas áreas de infraestrutura e logística; política agrícola; segurança rural; pesquisa, assistência técnica e extensão rural; meio ambiente; segurança alimentar e responsabilidade social.

Schreiner comemorou o fato de os produtores rurais terem atendido aos pedidos de mobilização da Faeg e apoiado os candidatos sensíveis às causas do setor. “Os produtores passaram a entender que a questão política influencia no destino de suas vidas. Não podemos cruzar os braços para ela e sim trabalhar para reorientar os rumos. Quebramos paradigmas”, disse.

Parceria
Para a Faeg, o futuro governo do Estado de Goiás está em sintonia com os desejos e anseios dos produtores rurais. O presidente da entidade ressalta que está disposto a trabalhar em conjunto para que o Estado consolide quatro eixos considerados estratégicos: Goiás como destaque na produção nacional; destaque na produção sustentável; referência na produção de alimentos seguros e na produção de energia renovável.

Algumas políticas públicas elencadas pela entidade também são consideradas necessárias ao processo de desenvolvimento do segmento agropecuário. É o caso do fortalecimento do setor público agrícola e das Parcerias Público-Privadas rurais (PPPs rurais), do Investimento em infraestrutura e logística (estradas vicinais e recuperação da malha estadual), da Política Agrícola com atenção especial ao crédito, seguro e comercialização, da Pesquisa, assistência técnica e extensão rural e da promoção das discussões ambientais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink