FAEMG reúne presidentes de Sindicatos Rurais em Manhuaçu

Agronegócio

FAEMG reúne presidentes de Sindicatos Rurais em Manhuaçu

As ações desenvolvidas pela FAEMG e o cenário político atual foram temas abordados no Encontro de Presidentes de Sindicatos Rurais realizado em Manhuaçu.
561 acessos

As ações desenvolvidas pela FAEMG e o cenário político atual foram temas abordados no Encontro de Presidentes de Sindicatos Rurais realizado em Manhuaçu na tarde da última sexta-feira (10). Foram convidados representantes de 37 municípios. O evento é o terceiro no estado dentro de uma série de oito reuniões. A próxima será em Governador Valadares no dia 30 de junho. Entre os temas discutidos, estiveram a necessidade de um fundo de defesa sanitária, leis trabalhistas, CAR (Cadastro Ambiental Rural) e segurança no campo.

O presidente da FAEMG, Roberto Simões, também destacou que com a proximidade das eleições é preciso estar atento a candidatos compromissados com a área rural. "Em um sistema democrático, só se resolve as questões com política. O que precisamos é que o pessoal seja partícipe, que esteja presente, que vá aos candidatos ou que os convide para expor os seus projetos para ver qual deles melhor nos convém. Esse é o momento da gente se conscientizar e participar mais”, afirmou.

Também estiveram presidentes os diretores Breno Mesquita e Rodrigo Alvim, além de Francisco Simões, da Assessoria Jurídica, Wilson Moura, da Assessoria Sindical e do superintendente técnico Altino Rodrigues Neto, além da gerente regional do Senar Minas em Viçosa, Silvana Novais.
 
"O encontro é importante porque o Dr. Roberto e a diretoria vêm nos ouvir, vêm atrás dos problemas, além de mostrar o que a Federação tem feito. Hoje esclarecemos dúvidas sobre agronegócio e a atual conjuntura política", comentou o presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Manhuaçu, Lino da Costa e Silva.
 
Posse no Sindicato de Manhuaçu
 
Ao final do evento, houve uma cerimônia de posse do presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Manhuaçu, Lino da Costa e Silva. Este será o quinto mandato dele à frente da entidade com cerca de 800 associados. “Houve uma renovação da diretoria. A nossa meta é aumentar a renda do produtor rural”, afirmou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink