Faesc deve investir R$ 7 milhões no combate da Ajeszky


Agronegócio

Faesc deve investir R$ 7 milhões no combate da Ajeszky

Por:
1 acessos

A Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc) deverá gastar R$ 7 milhões este ano, além dos R$ 11 milhões já investidos no combate à doença de Aujeszky. De acordo com o presidente da entidade, José Zeferino Pedrozo, os

recursos são provenientes de um fundo especial mantido pelos produtores e

agroindústrias. Acrescenta que o gasto mensal com as barreiras sanitárias

impostas ao Estado fica entre R$ 40 milhões e R$ 50 milhões. Em termos de produção, Pedrozo destaca que houve um avanço de 10% em relação ao mesmo período do ano passado, sendo necessário o envio de carcaças de suínos para armazenamento em São Paulo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink