Agronegócio

Falta de chuva ameaça pastagens no Rio Grande do Sul

A estiagem pode afetar ganho de peso do gado e elevar preço no Estado
Por: -Redação
3 acessos

Os técnicos da Emater/RS estão preocupados com a escassez de chuva na Região Central do Rio Grande do Sul. Se as precipitações não se intensificarem nos próximos dias, as pastagens podem ser prejudicadas, trazendo como principal reflexo a dificuldade de manutenção da boa condição corporal dos animais devido à perda de peso. "Uma possível estiagem reduziria ainda mais a oferta de animais, com elevação de preço ao consumidor", alertou o agrônomo Luiz Athaídes Jacobsen, ao lembrar que isso agravaria o quadro de redução de oferta na pecuária de corte gaúcha.

Um estudo de Jacobsen divulgado, ontem, pela Emater aponta que 210 mil hectares de áreas de pastagem foram tomados pela produção de grãos nos últimos anos no Rio Grande do Sul. Além disso, o rebanho gaúcho sofreu uma retração de 2,97% em 2005 em relação a 2004. Para completar o cenário, os abates cresceram 90% entre 2002 e 2005, especialmente de fêmeas (160% no período). Conforme levantamento divulgado pela Emater, as vendas de carne bovina se estabilizaram após um período de movimento, provocado pelo período das festas de final de ano.

O levantamento de Jacobsen mostra ainda que as exportações de carne bovina do Rio Grande do Sul cresceram, tanto em valores absolutos quanto em percentual em relação ao complexo carne. Entre janeiro e outubro deste ano, as indústrias gaúchas embarcaram 71 mil toneladas, totalizando 188,97 mil dólares. Jacobsen informa que, além da tradicional exportação de carne, o Estado passou a exportar gado em pé. Nos primeiros dez meses deste ano, foram exportados 69.357 bovinos vivos, num total de 15,44 mil toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink