Falta de manutenção em rodovia revolta fazendeiros no MT

Agronegócio

Falta de manutenção em rodovia revolta fazendeiros no MT

Pecuaristas da maior região bovina do Estado temem que MT-100 fique intransitável já durante o próximo mês
Por: -Francis Amorim
1 acessos

A falta de manutenção da MT-100, entre os municípios de Araguaiana e Cocalinho, ao Leste de Cuiabá, está revoltando os fazendeiros da região. Com o início das chuvas a situação se agravou e a maioria está sendo obrigada a percorrer um desvio de até 200 quilômetros no estado de Goiás, via-ponte do Itacaiú, no rio Araguaia, para chegar às suas propriedades rurais.

Os problemas com a rodovia começam na divisa dos municípios de Barra do Garças e Araguaiana e se agravam em direção a Cocalinho (765 quilômetros ao Leste de Cuiabá). Os trechos de atoleiros obrigam ao desvio saindo de Barra do Garças, passando por Montes Claros e Britânia, em Goiás. Os fazendeiros temem que a MT-100 fique intrafegável no mês de dezembro.

“Como as chuvas começaram mais cedo, as condições de trafegabilidade pioraram. São buracos e atoleiros que inviabilizam o tráfego de veículos”, explica o pecuarista Francisco Bermal Salvador, da fazenda Europa, distante 45 quilômetros de Araguaiana, no trecho que liga ao município de Cocalinho.

Os pecuaristas cobram a manutenção da rodovia. Segundo eles, o governo do Estado firmou parcerias com as prefeituras para que os serviços sejam executados, mas isso não vem ocorrendo. “A informação que nos foi repassada é que o município recebe recursos do Fethab e óleo, mas não estão aplicando na melhoria da estrada”, denuncia o pecuarista.

Os fazendeiros pretendem, ainda nesta semana, enviar um abaixo-assinado à Secretaria de Infra-Estrutura do Estado (Sinfra) relatando as condições da MT-100.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink