Falta de processamento freia safra de cana no RS

Agronegócio

Falta de processamento freia safra de cana no RS

Falta de usinas já levou produtores a desistirem da lavoura
Por:
1354 acessos
Porto Alegre - Apenas dois anos depois da publicação do primeiro zoneamento agrícola da cana-de-açúcar no Rio Grande do Sul, o desenvolvimento da cultura ainda segue a passos lentos. A falta de usinas que absorvam a produção local já levou produtores a desistirem da lavoura. "Temos rendimento e tecnologia para plantar e colher, mas ainda nos falta o aproveitamento industrial", admite Alencar Rugeri, assistente técnico em Agroenergia da Emater-RS,


Atualmente, o estado possui cerca de 38 mil hectares plantados com cana-de-açúcar, praticamente a mesma área utilizada em 2009, quando foi publicado o zoneamento agrícola da cultura no estado. Desse total, apenas 3 mil são destinados para a produção de etanol. Outros 10 mil são usados em indústrias de cachaça e açúcar. Mas a maior parte - 25 mil hectares - tem por finalidade a subsistência dos produtores rurais, seja como açúcar mascavo ou para a alimentação animal.


No entanto, o potencial da lavoura é muito grande. Segundo Rugeri, apenas a demanda da Braskem chega a 600 milhões de litros de etanol, volume que seria viável com o cultivo de mais 80 mil hectares. Para o técnico da Emater-RS, o principal fator que impede o desenvolvimento da lavoura canavieira no estado é a falta de empreendimentos industriais que façam o beneficiamento da planta. "O produtor sabe que a soja, milho, verduras, todos têm comprador. Mas a cana, para ter uma boa relação custo-benefício, precisa de uma usina em um raio de 100 quilômetros de distância, e isso ainda não temos".


Essas barreiras já fizeram com que vários agricultores que investiram na produção de cana optassem por abandonar a cultura. Um exemplo é o caso da empresa Canasul, de São Luiz Gonzaga.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink