Falta qualificação no setor sucroalcooleiro

Agronegócio

Falta qualificação no setor sucroalcooleiro

Problema crônico de falta de qualificação e especialização profissional ataca a mão-de-obra no meio rural
Por:
5 acessos

Avaliações sobre o quadro de oferta de mão-de-obra no meio rural apontam para o problema crônico de falta de qualificação e especialização profissional. Também o maior índice de informalidade no mercado de trabalho está na agropecuária (68%), levando em consideração todos os setores econômicos do país, conforme o assessor técnico da Comissão de Trabalho e Previdência Social da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Clovis Veloso de Queiroz Neto. O setor agropecuário conta com 4,907 milhões de empregados em todo o país, sendo que desse total apenas 1,573 milhão de trabalhadores possuem carteira assinada, disse Queiroz Neto, acrescentando que em relação à mão-de-obra ocupada o setor engloba 17,8 milhões de pessoas no Brasil. A média de formalização dos setores econômicos do país é de 62%, enquanto que o da agropecuária é de 32%. "o setor que tem maior capacidade de contratar mão-de-obra com baixa qualificação", frisou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink