Famato convoca reunião urgente

Agronegócio

Famato convoca reunião urgente

Por:
190 acessos

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) está convocando os produtores credores do Independência e Nova Carne, para uma reunião, marcada para próxima terça-feira, dia 28, a partir das 14h, na sede da entidade. Durante dois dias, equipes das áreas técnica e jurídica avaliaram detalhadamente o plano de recuperação judicial apresentado pelo frigorífico. “Todos os pontos detectados como preocupantes serão expostos aos produtores credores. São questões graves que devem ser amplamente discutidas para então, o setor adotar um posicionamento claro e firme diante das propostas da empresa frigorífica, podendo até, decidir pela impugnação do plano de recuperação”, aponta o presidente da Famato, Rui Prado.

A análise foi realizada durante dois dias e contou com a participação das federações de Goiás (Faeg), do Mato Grosso do Sul (Famasul) e da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília.

Ao final do trabalho, tanto o grupo técnico quanto o jurídico apresentaram relatórios de análise. Os dois bastante preocupantes. O relatório da área jurídica apontou diversos pontos de risco para os produtores credores. A avaliação alerta que o plano apresentado não tem consistência e que não assegura o pagamento da dívida aos produtores.

O relatório técnico, que se baseou exclusivamente nos dados, variáveis e parâmetros de cálculos apresentados pelo plano, também constatou fragilidade do mesmo. Consta no relatório que o plano foi elaborado com base em projeções de mercado que podem ou não se confirmar ao longo de sua implementação gerando incerteza quanto aos resultados esperados. Além destes pontos, os relatórios jurídico e técnico, apontam várias outras questões, com as quais o setor não concorda.

Com base nas duas análises, as equipes elaboraram documento com 16 sugestões para proteger o produtor credor. Segundo Luciano Gonçalves, gerente técnico da Famato, que fez parte do grupo de análise, o quadro é bastante preocupante e diante disso, a Famato, vai orientar os credores na elaboração de propostas para serem inseridas como substitutivo, ao plano original.

O presidente da Famato alerta que, com base no plano, nem mesmo os pequenos produtores credores, que tem expectativas de recebimento à vista de seus créditos, possuem garantias de quitação do valor devido.

ACRIMAT – “Esperamos que todos os credores participem dessa reunião”, frisa o presidente da Comissão de Produtores Credores de Frigoríficos em Recuperação Judicial e representante da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Marcos da Rosa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink