Famato fará ação em defesa de um Código Florestal Mundial
CI
Agronegócio

Famato fará ação em defesa de um Código Florestal Mundial

A ação será em Cuiabá de 05 a 15 de julho
Representantes da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) estarão na 48ª Expoagro - Exposição Internacional Agropecuária, Industrial e Comercial de Mato Grosso -, que acontece em Cuiabá de 05 a 15 de julho, para divulgar a campanha em defesa da criação de um Código Florestal Mundial. A ação será no estande do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), sempre a partir das 19h.


No local, representantes da entidade estarão à disposição para explicarem por que apoiam esta iniciativa, apresentando dados sobre a agropecuária sustentável de Mato Grosso. Segundo o presidente da Famato, Rui Prado, as questões ambientais são importantes para todo o planeta e é necessária uma legislação unificada para todos os países que traga um conceito ambiental forte aliado à produção agropecuária sustentável. "Temos inúmeros biomas e particularidades, mas alguns conceitos ambientais precisam ser mundiais. Um rio que passa em vários países precisa das margens protegidas em todos eles. De nada adianta um país cumprir o seu papel se o outro não o fizer. Eu acredito que instituições como a ONU devem colocar este assunto na pauta mundial e pensar nas práticas comuns de preservação para todos. O meio ambiente não tem fronteiras".


Rio+20 - A ação da Famato em defesa de um Código Florestal Mundial começou na Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). Durante o evento, a comitiva da entidade fez uma manifestação pacífica para alertar a população sobre a importância da criação de uma lei ambiental mundial. Prado lembra que a ação foi bem aceita durante a Rio+20 e que a intenção é continuar apoiando esta causa. "Foi uma experiência extremamente positiva, dialogamos com a sociedade e demonstramos dados que muitas vezes as pessoas não têm acesso. Mato Grosso é líder na produção de alimentos e, ainda assim, o estado tem 62% da área preservada. As pessoas precisam saber disso", destaca o presidente da Famato.


O Sistema Famato é a união da Famato, Senar-MT, Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e os 86 Sindicatos Rurais de Mato Grosso.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink