Famato faz balanço da safra 2009/10 e aponta expectativas para 2010/11

Agronegócio

Famato faz balanço da safra 2009/10 e aponta expectativas para 2010/11

Para a cultura do algodão, os números apontam perspectivas positivas
1637 acessos

Provavelmente vamos bater recorde de produção da soja na próxima safra”, afirmou Rui Prado, presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) durante encontro com jornalistas nesta terça-feira (7), no auditório da entidade. Prado apresentou um balanço do desempenho do setor produtivo na safra que encerrou (2009/2010) e as perspectivas para o próximo ciclo (2010/2011).

Os dados foram levantados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), ligado à Famato. “Esperamos que 2011 seja um ano bom para nós. O que precisamos fazer agora é resolver o problema da logística no nosso estado para conseguirmos, com os preços bons, auferir lucro aos produtores e trazer divisas para o estado de Mato Grosso”, informou Prado.

Além das boas perspectivas de produção, o crescimento da demanda por soja impulsionará os preços no ano que vem. A atenção, no entanto, irá se concentrar no período da colheita, pois há previsão de chuva em fevereiro e março de 2011. Na safra que encerrou (2009/2010)os produtores registraram menor produtividade na lavoura e rentabilidade dos últimos três anos.

Para a cultura do algodão, os números apontam perspectivas positivas. Segundo Prado, embora o atraso do plantio de soja traga incertezas sobre a área total da fibra, o plantio do algodão pode ser recorde no estado. Com os preços fortes, a rentabilidade para os cotonicultores também deve ser alta em 2011. No ciclo 2009/2010, esta cultura apresentou maior ganho de preços em comparação à soja e ao milho, por exemplo. A tecnologia do algodão adensado favoreceu o resultado positivo e, pela primeira vez, a área de 2ª safra foi maior que o 1º ciclo.

No caso do milho safrinha, outra cultura significativa em Mato Grosso, a área de produção para 2011 continua incerta, mas deve registrar queda de 9% em função do atraso do plantio da soja. A expectativa é de que a produtividade não seja comprometida com a estiagem, como aconteceu este ano. A boa notícia é que os estoques nacional e mundial em baixa trazem perspectivas de bons preços para safra 2010/2011.

No próximo ciclo, as previsões para a bovinocultura de corte demonstram retomada da margem da atividade em Mato Grosso. A oferta de machos deve ser menor no próximo ano e, se o abate de fêmeas não for retomado, os preços seguirão pressionados.

Confira os detalhes do balanço do agronegócio de Mato Grosso em 2010 acessando este link.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink